Gestão de tempo: 4 dicas para aumentar a sua produtividade!

A gestão de tempo ainda é um aspecto deixado de lado por muitas empresas e profissionais, independentemente do segmento de atuação — o que é um grande erro. Afinal, ela impacta a produtividade de forma direta e, por conta disso, tem grande importância no cotidiano de qualquer trabalhador.

Levando isso em consideração, elaboramos este artigo com 4 dicas para aumentar o seu rendimento no trabalho. Com elas, você também aproveitará melhor as suas horas vagas. Continue lendo até o fim para saber mais a respeito do tema!

1. Desenvolva uma rotina

Embora essa recomendação pareça ser mais aplicável aos autônomos, ela também pode ser de grande utilidade para quem tem uma função corporativa.

Antes de tudo, considere que a rotina não está ligada somente a horários, mas também a hábitos predefinidos. Uma boa forma de desenvolvê-la é escolhendo atividades que façam bem para o seu corpo, como comer bem e praticar exercícios físicos. Lembre-se também de que o descanso é necessidade primordial para alcançar uma produtividade satisfatória.

O ideal é que essas pequenas ações do dia a dia não tenham a ver, necessariamente, com o seu trabalho. Portanto, se você começar a ler com maior frequência, por exemplo, não deixe de também procurar por livros que discutam sobre outros assuntos que não sejam relacionados apenas ao seu lado profissional.

2. Organize seu ambiente de trabalho

Saiba que o costume de acumular muitos objetos e papéis em cima de sua mesa pode passar uma impressão de desleixo para os seus colegas. Se você ocupa uma posição de liderança, as consequências tendem a ser ainda piores.

Além disso,  interfere diretamente na sua motivação, visto que a organização no ambiente de trabalho ajuda a criar a sensação de bem-estar nas pessoas que ocupam esse espaço cotidianamente.

3. Utilize métodos de produtividade e gestão de tempo

Frequentemente aplicados na gestão de empresas, os métodos de produtividade podem fazer muito pelo seu trabalho. Alguns dos mais famosos são o Pomodoro e o GTD (Getting Things Done).

O primeiro deles funciona da seguinte maneira: você cronometra um período de tempo — 25 ou 50 minutos, geralmente — para realizar determinada tarefa. Durante esse tempo, seus esforços não podem ser interrompidos e o foco deve ser totalmente voltado para a atividade.

Depois disso, você cronometra as pausas longas e curtas, que podem variar entre 5 e 20 minutos, dependendo do tempo trabalhado. Alguns sites e aplicativos ajudam a fazer essa contagem de forma precisa.

O GTD, por sua vez, é formado por cinco etapas:

  • capturar o que deve ser feito;
  • esclarecer se esses objetivos são alcançáveis ou não;
  • organizar a ordem das tarefas;
  • refletir sobre o que já foi feito e o que ainda falta;
  • fazer o que está em aberto.

4. Classifique as tarefas

Você, provavelmente, precisa lidar com diversas tarefas ao longo do dia, não é mesmo? Sendo assim, classifique-as de acordo com a urgência e relevância. Entregar um relatório, por exemplo, pode ser algo importante, mas não urgente. A ideia é definir a prioridade de cada atividade.

A gestão de tempo pode contribuir para que você tenha uma rotina mais leve, fazendo com que seu tempo livre seja realmente aproveitado. Por isso, não deixe de investir em formas de melhorar sua produtividade!

Se você gostou do texto e quer ficar por dentro das novidades, siga nossos perfis nas redes sociais: estamos no Facebook e no LinkedIn.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *