Planejamento Estratégico para 2017: 5 dicas para a sua empresa!

Você já deu início ao planejamento estratégico para 2017 da sua empresa? Se ainda não, saiba que esse é um passo extremamente importante, em especial para quem deseja acabar com a atuação corretiva e assumir uma gestão muito mais estratégica no novo ano.

Os benefícios de se desenvolver um planejamento estratégico são muitos, pois ele permite avaliar a real situação da empresa e qual o seu potencial de crescimento para os próximos 12 meses. Dessa forma, você vai adquirir pleno domínio do seu negócio, e terá condições de tomar decisões mais acertadas e produtivas.

Para ajudar você a montar o seu planejamento estratégico, separamos algumas dicas essenciais. Continue lendo e descubra como organizar o ano da sua empresa.

Confira!

1. Comece o quanto antes o seu planejamento estratégico para 2017

O ideal é que o planejamento estratégico seja feito nos últimos meses do ano anterior, ou seja, toda empresa deve ter um plano pronto e estruturado antes da virada do ano. No entanto, isso não é motivo para abandonar a estruturação do planejamento para 2017. O quanto antes você começar, melhor.

2. Conheça o mercado em que atuará

Se você pretende desbravar novos mercados ou continuar fortalecendo a atuação onde já está inserido, saiba que é importante conhecer muito bem o cenário. É relevante ter uma ideia das principais tendências e como elas podem afetar o seu negócio, seus investimentos e seus resultados nos próximos meses.

Informe-se sobre o rumo que a economia nacional está tomando. Por exemplo: prepare-se para avançar nos investimentos caso haja queda de inflação, ou para retrai-los se a taxa de juros crescer.

Além disso, colete informações e analise sua concorrência. O ideal é que você se antecipe a quaisquer medidas que os concorrentes tomem. No entanto, como é difícil prever todos os seus movimentos, é importante que você fique atento.

3. Conheça a sua força de atuação

A melhor forma de saber como vai a sua empresa é por meio da análise de indicadores desempenho. Por isso a importância de manter registros e controles constantes de tudo o que acontece durante o ano.

Essa análise permitirá uma rápida visualização daquelas ações que deram certo e daquelas que não funcionaram tão bem assim. Desse modo, é possível planejar uma atuação com foco em medidas corretivas dos pontos mais vulneráveis da empresa e no fortalecimento dos seus fatores potenciais.

Caso a empresa não tenha controles registrados do último ano, tente utilizar alguma ferramenta de análise do período, como a análise SWOT (ou matriz FOFA – Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças).

4. Defina onde quer chegar

Metas! Essa palavra pode tirar o sono de muitos gestores, mas, acredite, é ela que levará suas equipes a conquistarem melhores resultados em 2017! Isso porque as metas traduzem em números os principais objetivos da empresa.

É preciso definir quanto se pretende faturar, o lucro gerado a partir desse faturamento e quanto desse valor será investido. E tudo isso a partir das duas análises citadas anteriormente – de cenário externo e interno.

Dependendo da situação enfrentada pela empresa, vale a pena manter as metas do último ano. Caso tenha sido relativamente fácil alcançá-las em 2016, incremente os números a serem atingidos a partir de 2017.

5. Saiba como chegar

Os números e objetivos são absolutamente importantes, mas é imprescindível lembrar que essas metas precisam ser realizáveis. Isto é, é preciso saber como chegar ao objetivo visado.

A melhor forma de planejar o cumprimento das metas é estruturando planos de ação, que vão transformar as metas finais em planos menores e mais fáceis de serem alcançados.

O ideal é que os planos de ação sejam acompanhados de ferramentas de gestão que deem suporte à sua execução. Nesse sentido, existem inúmeras formas de buscar auxílio, seja em plataformas online ou recorrendo a consultorias pontuais para estabelecer um planejamento viável.

O planejamento estratégico para 2017 possibilitará a conquista de maior eficiência na gestão da empresa, reduzindo os imprevistos e construindo uma visão sistêmica na tomada de decisão.

Pronto para acabar com a correria e improviso ao resolver os problemas e dar início a uma gestão mais estratégica? Deixe o seu comentário e compartilhe conosco as suas dicas!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *