Como funciona a gestão por indicadores de desempenho?

Os gestores falam muito sobre o desempenho de seus empregados – e de fato há, em tempos de alta competitividade como os atuais, uma firme pressão para se atingir metas de performance, alcançar níveis mais elevados de desempenho, assegurar que o trabalho das pessoas apoia e promove os objetivos da organização.

O que muitas vezes falta para o gestor é ter ferramentas para avaliar adequadamente se os colaboradores estão fazendo a coisa certa. É aí que entram em cena os indicadores de desempenho. Você sabe o que é isso? Como pode utilizá-los em sua empresa? Tire suas dúvidas neste post!

O que são os indicadores de desempenho?

Os indicadores de desempenho, chamados em inglês de KPIs (Key Performance Indicators), são métricas ou medidas quantificáveis que refletem a posição, a evolução e os fatores críticos de sucesso de uma organização. Uma vez que se meditou acerca da missão da empresa, identificaram-se todos os seus stakeholders (ou seja, as respectivas partes interessadas) e já foram definidos os objetivos em médio e longo prazos, a organização precisa de uma forma para medir seu progresso em direção a esses objetivos, e seus indicadores são essas referências.

O métodos de gestão devem estar alinhados, especialmente, às normas e diretrizes aventadas pela empresa, o que implicará na integração vertical de seus indicadores de desempenho. Tal desenvolvimento autorizará, posteriormente, a adequação dos processos e atividades da empresa com sua gestão de qualidade, o que significa uma integração horizontal de métricas ou referenciais de performance.

Para que eles servem?

Esses referenciais são relevantes pois orientam a organização a definir e medir seu progresso em direção aos escopos organizacionais. Como seu negócio cresce, é importante saber quais os elementos que estão sendo realizados de forma mais eficaz ou mal executados, para conhecer acerca das tendências, das mudanças de mercado, dos altos e baixos do negócio e como isso tudo vai afetar a sua empresa.

Os KPIs permitem que o gestor entenda o desempenho da equipe e sua produtividade para além do que mostram apenas as finanças. Tal situação permite que o gestor reforce alguma tática que esteja dando certo ou aperfeiçoe uma estratégia que apresente falhas.

Quais as implicações dos indicadores de desempenho em outros processos relacionados?

Como os indicadores são metas mensuráveis ​​de uma empresa, normalmente vinculados à estratégia corporativa de médio ou longo prazos, é possível afirmar que boa parte daqueles objetivos é atingida, não através dos esforços de uma única pessoa, mas por vários colaboradores, em uma variedade de departamentos dentro da organização. A gestão de desempenho, logo, traz uma responsabilidade compartilhada que passa a ser vital para a empresa. Os indicadores tornam-se base para analisar e acompanhar as decisões estratégicas que avaliam o pessoal e a aplicação de recursos, de modo que sua implementação geralmente inclui quatro processos (ou etapas):

  • A empresa traduz sua visão corporativa em metas operacionais mensuráveis, ​​que são comunicadas aos empregados e demais colaboradores;
  • Estes objetivos estão ligadas a metas de desempenho individuais, que são avaliadas com uma periodicidade estabelecida;
  • Certos procedimentos internos são estabelecidos a fim de conhecer e/ou exceder tanto os objetivos estratégicos quanto as expectativas dos clientes;
  • Finalmente, os indicadores-chave de desempenho são analisados ​​para avaliar e fazer as recomendações imperativas para melhorar o desempenho futuro da empresa.

Desta maneira, os indicadores de desempenho envolvem todos os processos que possam ser aferidos ou decompostos em subsídios quantitativos, como, por exemplo, o aumento de vendas para o processo comercial e a redução de custos no processo financeiro. Embora esses fatores possam ser analisados separadamente, as duas referências se inter-relacionam: ao atender as metas em uma daquelas áreas, a outra certamente será afetada.

Como é feita uma gestão por indicadores de desempenho?

É preciso ter uma compreensão densa sobre o seu negócio a fim de iniciar um bom processo de escolha dos indicadores que vão lhe servir de base. O passo seguinte é traduzir os objetivos corporativos em objetivos mensuráveis para ser capaz de eleger os KPIs mais apropriados para cada uma dessas intenções. Existe a necessidade de definir objetivos de amplitude macro para então desdobrá-los em indicadores consistentes e/ou coerentes com determinadas áreas de sua organização ou processos.

Os indicadores vão monitorar o progresso, indicando um desempenho forte ou pobre diante do que foi selecionado anteriormente como objetivo. Portanto, cada um dos indicadores de desempenho que você escolher deverá não só refletir as metas organizacionais, mas também ser facilmente quantificável.

Um indicador corretamente atribuído servirá de guia para indicar o que precisa acontecer a fim de atingir-se a meta arquitetada na estratégia corporativa. Não só a seção diretamente afetada, mas também outros gerentes e stakeholders podem monitorar e corrigir problemas associados com a taxa de sucesso de um determinado indicador. Além disso, tais métricas podem criar um tipo de avaliação comparativa dentro do próprio negócio. Alguém pode aferir a qualidade atual do empreendimento e, com o uso do acertado conjunto de referenciais, pode-se imaginar o que se quer para o futuro do negócio; ou seja, tais ferramentas ajudam as empresas a se tornarem o epítome do sucesso através do processo de gestão, acompanhamento e análise.

Vale dizer que a análise dos indicadores de desempenho deverá ser consistente com o cenário político, econômico e social, com o intuito de abrir oportunidades de ações efetivas e realistas. E como as sazonalidades do mercado e a conjuntura socioeconômica seguem em constantes mudanças, os KPIs devem ser medidos continuamente – o que só destaca a consideração com o bom e adequado gerenciamento de processos.

Quais são as vantagens em utilizá-los?

O uso adequado de indicadores de desempenho permite o alinhamento da organização com suas estratégias, assegurando resultados ótimos e economizando tempos para os afazeres da sua equipe. Esse tipo de gestão ajuda a focar naquilo que de fato é prioridade em sua organização, fortalecendo as melhorias para o futuro e o olhar cuidadoso para que haja mais êxito no negócio. Nesse viés, a gestão por indicadores de desempenho será um elemento importante dentro da gestão de qualidade que você deveria implementar na sua empresa.

Será que você deve investir em gestão de qualidade em sua empresa? Como você tem checado o desempenho de seu negócio? Conte um pouco sobre suas experiências!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *